Recompensa

Bookmark and Share

sendrevaristo

Alovocê! Juntos novamente!
Vamos deixar um pouco de lado as fics Dilmécio (a eleição acabou, mas o amor continua) e vamos explorar novos sentimentos, novos ships, novos amores.
Tô pra fazer fics desses dois desde ano passado, mas fiquei postergando, 2015 taí pra ser o ano das ideias encalhadas então taí a Sandrevaristo que que a galera tanto queria!! E fiquem ligadinhos que vai pintar mais coisas legais por aqui!!
Se vocês gostaram, comentem e mostrem pros seus amigotes, se não gostaram, comentem pra eu melhorar. agora vamos pro amor♥

Rolls Royce

Bookmark and Share




1 de janeiro de 2015
Um dia que entraria na história.
A primeira mulher a se reeleger presidenta irá tomar posse hoje.
Mas então porque Dilma Rousseff não está feliz?
Tanta coisa aconteceu entre o começo de agosto e o dia de hoje. Se apaixonou pelo seu maior opositor, o tucano Aécio Neves, ganhou as eleições em uma disputa acirrada, sofreu quando seu romance foi escancarado pela Veja e foi pressionada por opositores e base aliada a por um ponto final em sua história de amor leviana. Desde a fatídica semana da publicação da Veja da discórdia a presidente não vê mais o líder da oposição a não ser pelos noticiários, sempre lançando discursos de ódio ao governo e ao PT, o que para Dilma era como se raios privatizadores cruzassem seu coração e o partissem. Eles tinham conseguido lavar o cérebro de seu amor contra ela, e isso a matava aos poucos.
- Dona Dilma, o Rolls Royce já está a postos. Vamos?
A presidenta despertou de seus pesadelos internos e rumou até o luxuoso carro que conduziria a carreata da posse presidencial. Dessa vez sua filha não poderia lhe acompanhar ao carro, pois estava cuidando do filho que se adoentara. Seria apenas Dilma e a multidão.
Tão logo se acomodou dentro do carro e a petista recebeu a notícia de que a carreata teria seu início algum minutos depois do combinado, por motivos de segurança. Pegou seu celular e abriu qualquer site de notícias. Havia uma multidão muito maior do que em 2011, e Dilma se perguntava com que força governaria para todo esse povo que precisa tanto dela...
- Ah, Aécio... Deveríamos ser nós dois neste carro
- Então o Papai Noel deixou um presente atrasado pra você!
Dilma não podia acreditar no que seus olhos estavam vendo: era Aécio, o seu Aécio, a seu lado no Rolls Royce. Parecia um sonho virando realidade.
- Você? Mas como...?
- Como eu entrei? Fácil! Foi só dar um agrado pro segurança...
-Ora seu tucano corrupto...
Ah, como ela sentia saudades desse beijo, dessas mãos sedentas percorrendo seu corpo... Era realmente o melhor presente de boas festas que ela poderia receber nesse ano.
- Perdão, senhores, mas já podemos partir - disse o chefe da segurança
- Dil, eu sei que eu fui um canalha nesse último mês e meio, Eu precisava jogar o jogo deles pra ganhar tempo mas agora nada mais me importa, só você. - Aécio segura as mãos de Dilma - Pra sempre!
- Pra sempre, meu amor! Agora vamos porque temos um Brasil inteiro para saudar!
Dilma e Aécio seguiram para a carreata prontos pra enfrentar tudo e todos, pois sabiam que o amor é mais forte do que qualquer força política.
- A propósito, meu amor - Dilma fala no ouvido de Aécio - o nosso Filho do Brasil está a caminho!
O mineiro fica estarrecido com a notícia, dada por sua amada no meio da carreata, todos os flashes em cima dos dois. Ele só sabia chorar e sorrir, tamanha a alegria em seu peito. O que acontecera a seguir marcou o país e estampou todas as capas da semana: Aécio, movido pelo êxtase da paternidade, se sentou no banco do carro, abraçou a petista e beijou seu ventre, o receptáculo onde crescia o herdeiro da pátria. O povo vibrou e por onde a carreata passava  Dilma e Aécio recebiam uma grande carreira de palmas. Era o início de uma nova era para Dilma, onde o amor reinaria e, no que se refere a corrupção, ela não queria nem saber!

Love is in Danger

Bookmark and Share

clique aqui pra música

Olá amiguinhos!
Primeiramente, queria agradecer pelo grande sucesso que foi a minha última Dilmécio! Obrigada mesmo ♥♥
E agora lá vem eu com mais uma fic que eu espero que vocês gostem bastante!
Por favor não se acanhem: Se você gostou, ou odiou e quer meter o pau. deixe seu comentário aqui ou no meu Twitter @vanessatocha.
Bjs!

[+18] Clock Strikes

Bookmark and Share

CLICA AQUI QUE TEM A TAL MÚSICA, CARAIO


Promessas Cumpridas

Bookmark and Share



Dilma Rousseff está no Rio de Janeiro, em uma luxuosa suite no Fasano. Imersa em sua grande banheira - foda-se o volume morto - e imersa em seus pensamentos. O debate no SBT onde ela fora trucidada de todas as formas por seu adversário, o debate na Record, onde o tucano fora brando nos ataques, e hoje, onde se enfrentariam na Globo... E ao mesmo tempo em que ele era ferrenho nos debates, Aécio Neves era tão carinhoso e atencioso no que se referia a fazer amor. Se aquele camarim na Barra Funda falasse... A presidenta desperta dos seus sonhos com o toque do seu celular: era ele.
- Alô?
- Oi, paixão... - Disse o mineiro com seu tom sarcástico e sexy- ... Gostou da surpresa?
- Ah... Sabia que tinha dedo seu nisso, seu filho da mãe! - Dilma ficou estarrecida. Então tinha sido a mando dele que a capa...
- Sabia também que você fica linda estampada na Veja? Principalmente com um grande "Ela Sabia de Tudo" em letras vermelhas - Aécio solta uma gargalhada rouca, mais uma tática de sedução tucanista.
- Você me pega, seu leviano! - Dilma com um tom sapeca - Vou te trucidar no que se refere ao debate.
- Ei, não fica com raiva! Me espera que no Projac eu te dou seu remédio pra acalmar
- Não adianta tergiversar, seu tucano safadinho!
- E quem te disse que eu vou fugir da raia? Pode me bater com vontade que eu gosto.
- Então combinado: Hoje o debate vai ser quente!
- E o pós-debate também
- Pode apostar que sim
Dilma desliga o telefone com a certeza de que as promessas ditas pela voz rouca de Aécio seriam mais que cumpridas. E ela mal podia esperar por isso!

Meu Príncipe Azul

Bookmark and Share

dilmécio

A presidenta Dilma Rousseff está descansando em seu camarim na Record. Estava muito mal desde quinta,quando houve o debate do SBT. Com aquela chuva de ataques gratuitos, Dilma não acreditou no que Aécio se transformara. Ela não queria ver ninguém. Até as longas reuniões com seus assessores de campanha foram cortadas bruscamente. Ela só queria ficar sozinha e em paz.
- Dil, posso entrar? - Disse Aécio, já entrando
- Eu não quero te ver, ainda mais depois daquilo na quinta. - Dilma olhava para o chão, estarrecida - Você me arrasou, cara
- Era sobre isso que eu queria te falar, Dil... Quero lhe pedir perdão
- Perdão? Você fala coisas horríveis sobre mim, sobre a minha família, despedaça a minha alma e ainda quer perdão? Eu devia saber que você era como todos os monstros tucanos, no que se refere a escrúpulos
- Dilma, por favor, não. Eu não sou assim, meu amor! Você me conhece por inteiro, até a mais obscura profundeza da minha alma. Querida... - O mais velho se ajoelha diante da presidenta e segura seu queixo - Eu estou tão arrasado quanto você, meu amor. Ou até mais. Quando você desmaiou naquela entrevista eu perdi o chão, eu... eu.... - As lágrimas começavam a brotar dos olhos do mineiro - Eu fiquei com medo. De te perder, de não ver mais esse seu sorriso, de não sentir o seu corpo no meu, sentir o seu calor dentro de mim. Eu não quero sentir esse medo nunca mais...
- Aécio...
Dilma calou o discurso do seu adversário com um beijo de pura entrega, vindo da alma.  O homem terno e galante, o Príncipe Azul tinha se transformado em monstro diante de seus olhos. Mas agora tudo acabou. Ele estava ali, ajoelhado diante dela, totalmente arrependido. Aécio voltava a ser o Príncipe Azul, e Dilma, a Rainha Vermelha. E agora eram um só novamente.

Por Você, Seu Lindo! - Capítulo 7

Bookmark and Share

porvc
Olá, amiguinhos! Estamos aqui muito feliz com mais um capítulo lindo e maravilhoso da sua fic preferida!! Demorou, mas chegou e tá lindo e engraçadíssimo. Taca aí!!
 
BlogBlogs.Com.Br